Pela Polícia Penal, SINDCOP tem reunião com assessor da presidente nacional do Podemos, deputada Renata Abreu

Postado em : 23/07/2019



Matheus Rossi de Souza, Abner Isidoro e Carlos Eduardo Piotto: planejando visita ao gabinete da deputada Renata Abreu para conseguir apoio à Polícia Penal.

 

 

Diretores do SINDCOP participaram, na manhã desta terça-feira (23), de uma reunião com Abner Isidoro, assessor da deputada federal Renata Abreu (Podemos).

Abreu é presidente nacional do Podemos e vem buscando expandir sua atuação no estado para além da sua base eleitoral na capital.

A reunião ocorreu na sede do SINDCOP em Bauru. Participaram da conversa os diretores Carlos Eduardo Piotto e Fernando Gonçalves e o estagiário jurídico do sindicato, Matheus Rossi de Souza.

Isidoro vai articular uma reunião de representantes do SINDCOP com a deputada Renata Abreu em seu gabinete, em Brasília. A intenção é organizar o apoio do partido para as pautas de reivindicação dos servidores prisionais.

No momento o SINDCOP luta no Congresso Nacional em duas frentes: pela aposentadoria especial do agente penitenciário na reforma da Previdência e pela aprovação do projeto que cria a Polícia Penal.

 

Reunião no SINDCOP serviu para apresentar as lutas nacionais da categoria. Foto: Lucas Mendes.

 

A reforma da Previdência já foi aprovada em primeiro turno na Câmara e deverá ser votada novamente no plenário da Casa a partir do dia 6 de agosto. Já o projeto da Polícia Penal tramita como Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372/2019, e está pronto para ser votado no plenário da Câmara.

Durante os dias 6 e 7 de agosto, agentes penitenciários de todo o país estarão em Brasília para participar da Marcha pela aprovação da Polícia Penal.

O SINDCOP levará servidores prisionais para fortalecer o movimento.





Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.